Enfermeira agredida em pronto-socorro de Santos vai receber R$ 50 mil

Indenização por danos morais foi estabelecida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo

Uma enfermeira de 66 anos agredida pela filha de um paciente em um pronto-socorro municipal de Santos vai receber da prefeitura R$ 50 mil de indenização por danos morais.

A decisão é do Tribunal de Justiça de São Paulo, que acatou um recurso da defesa da vítima após julgamento em primeira instância determinar pagamento de R$ 6 mil.

A profissional se aposentou por invalidez após a agressão, ocorrida em 2018.Ela e uma técnica de gesso foram atacadas na ocasião e registraram a ocorrência.

Ela relatou no processo ter sido chutada, e que os vídeos registrados mostram apenas parte das agressões. Como não havia segurança no local, ela foi socorrida pelos colegas de trabalho. A enfermeira precisou de atendimento psicológico por conta das agressões.

Ao G1, a Prefeitura de Santos informou que ainda não havia sido notificada da decisão judicial.

Com informações REVISTA CLÁUDIA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s